Ensinar aos “pequenininhos”: o cotidiano do jardim de infância Francês

Maria Renata Prado

Resumo


Ao longo do século XX, a escola materna/jardim de infância francesa afirmou- se progressivamente em sua singularidade. Esta instituição, no limiar do século XXI, carrega um projeto que demonstra não só a importância cada vez maior que a criança adquire nas sociedades contemporâneas, como também novas perspectivas educativas e pedagógicas. Porém, para além do lado “materno” e “terno” que se pode imaginar quando se refere à escola materna/jardim de infância o destaque dado às competências precoces das crianças, seguido de uma ênfase sobre o papel determinante da escola materna/jardim de infância na sequência do percurso escolar e pessoal de cada um parece causar mal-estares entre os professores/educadores. As entrevistas e observações realizadas em instituições de Paris e de sua periferia (trabalho empírico, de tipo socioclínico) mostram, passo a passo, as diferentes maneiras de abordar a vivência prática na escola materna/jardim de infância francesa.

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Licença Creative Commons
A Revista Investigar em Educação da SPCE está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN: 2183-1793