Currículo em tempos de crise: os jornais portugueses e a construção social do currículo

Ana Mouraz, Ana Cristina Torres, Carla Nunes

Resumo


O Currículo é uma construção social e histórica que resulta da forma como diferentes atores enquadram as finalidades da Educação, as comunicam, legitimam e transpõem para as práticas escolares (Goodson, 1997; Roldão, 1999; Young, 2014). As negociações implicadas na construção social do currículo espelham alguns dos problemas da Escola, e são influenciadas por representações públicas da Educação e do Currículo. Na construção destas representações, os media desempenham um papel importante. Reporta-se um estudo da importância atribuída à Educação e ao Currículo, e os propósitos dessa atenção, em artigos de dois jornais nacionais diários durante Abril, Maio, Junho de 2009 e de 2013. O estudo revelou uma atenção particular aos exames e às políticas educativas que refletem a instabilidade que se tem vivido nas escolas. Constatou-se, ainda, que o Currículo tem pouca visibilidade nos jornais portugueses e quando dele se fala, é para focar os conteúdos disciplinares, mormente a Matemática.

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Licença Creative Commons
A Revista Investigar em Educação da SPCE está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN: 2183-1793