A utilização de tablets em escolas de 2º e 3º ciclos: Contributos para a implementação de projetos com manuais digitais

José Lagarto, Hermínia Marques, Jorge Mata, Duarte Martins

Resumo


Substituir manuais escolares em papel por manuais digitais inseridos em tablets e utilizá-los na sala de aula obriga a uma planificação antecipada de todo o processo, de forma a não esquecer um conjunto de fatores críticos que, se não forem devidamente salvaguardados, podem tornar-se um entrave ao sucesso educativo do projeto.

O acompanhamento pedagógico realizado ao longo de quase três anos do projeto ManEEle (Manuais Escolares Eletrónicos) permite-nos apresentar algumas linhas orientadoras para a criação de um quadro de referência que facilite a introdução pedagógica dos tablets na escola. Analisam-se algumas das dimensões críticas e chama-se a atenção para um conjunto de situações que, se analisadas e tratadas adequadamente, são fatores indutores de sucesso.

Desenvolvido no Agrupamento de Escolas de Cuba, em duas turmas do terceiro ciclo, este projeto-piloto iniciou-se em setembro de 2013, estando atualmente no seu terceiro e último ano.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Licença Creative Commons
A Revista Investigar em Educação da SPCE está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN: 2183-1793